receba nossa newsletter!
 
 
artigos
 

Controle de pragas e doenças na agricultura orgânica

produção

Existe um consenso entre os agricultores: pragas e doenças são um grande problema. Se visto isoladamente, realmente temos que usar os tais venenos agrícolas na lavoura. Mas muitas vezes o uso de agrotóxicos não resolve. Depois de um tempo a praga volta com mais força e, senão, resistente ao agrotóxico. Mas por que isso acontece?


Primeiramente, devemos lembrar que na agricultura orgânica devemos ver os problemas como um todo e não isolar somente o sintoma. Vamos lá: se realmente a praga é a raiz do problema, por que a couve plantada com adubo químico teve pulgão e a couve plantada com adubo orgânico não teve? E elas estavam pertinho uma da outra!

Não podemos esquecer que a praga ou a doença nada mais é que um ser vivo que teve sua população crescida de modo exorbitante, que causou prejuízos na lavoura. Se olharmos mais a fundo podemos observar alguns fenômenos:

1) Nas florestas dificilmente têm praga

2) Uma planta nutricionalmente equilibrada fica resistente aos ataques de insetos e outros seres danosos (veja uma criança desnutrida: certamente estará mais vulnerável à doenças não é mesmo?)

3) Uma lavoura cheia de predadores, como a joaninha, dificilmente deixa crescer a população de pragas, como o pulgão. Afinal ela também tem fome (para se ter uma idéia, uma joaninha pode comer até 300 pulgões por dia!)

Visto isso podemos tirar algumas conclusões:

§ Nossa lavoura tem que ter bastante biodiversidade. Se tiver somente uma só cultura, certamente será um banquete para as pragas e doenças

§ Devemos usar adubação orgânica com adubos minerais pouco solúveis, bem como micronutrientes. Assim a planta recebe os nutrientes de maneira gradual e necessária. Sem afobação. Dessa maneira ela não fica desequilibrada e suscetível às pragas

§ Em nossa propriedade, não devemos eliminar insetos predadores, nem aranhas ou mesmo passarinhos. Eles são inimigos naturais das pragas de nossa lavoura.

Fazendo dessa maneira, dificilmente vocês terão problemas com pragas e doenças. Mas não se esqueçam: sempre existirão insetos que comem nossas culturas, mas não atingirão o nível de dano econômico. Isso é a imagem que devemos ter de uma agricultura sadia e produtiva, sem o uso de insumos tóxicos ao ambiente.

Outubro
dom
seg
ter
qua
qui
sex
sab
28
29
30
02
03
04
05
06
07
08
10
11
12
14
15
18
19
20
21
22
23
24
27
28
29
30
31
01
  • / Livros
    O futuro roubado
  • / Livros
    Primavera silenciosa
  • / Livros
    Cartilha agricultura biodinâmica - Vida nova para a terra
  • / Livros
    Adubos verdes e produção de biomassa - Melhoria e recuperação dos solos
  • / Livros
    Fundamentos da agricultura biodinâmica
  • / Livros
    O que comemos afinal?
  • / Livros
    Biodigestor na agricultura familiar do seminário
  • / Produção
    Projeto Água Doce - Agricultura sustentável em área de mananciais
  • / Produção
    Projeto Água Doce - Associação de Agricultura Orgânica de São Paulo
  • / Produção
    Ela é quem manda na horta da Fazenda da Toca
  • / Produção
    Leoncio Soares de Oliveira, agricultor orgânico
  • / Produção
    Projeto Água Doce - Associação de Agricultura Orgânica de São Paulo
GALERIA DE CONTEÚDO
FILTROS
ARTIGOS
Ordenar Por:

Áreas
Produção
Nutrição
Gastronomia
Bem Estar


A-Z
Data
Colaborador(a)
NOTÍCIAS
Ordenar Por:

Áreas
Produção
Nutrição
Gastronomia
Bem Estar


A-Z
Data
Fonte
PUBLICAÇÕES
Ordenar Por:

Áreas
Produção
Nutrição
Gastronomia
Bem Estar


A-Z
Data
Autor(a)
ENTREVISTAS
Ordenar Por:

Áreas
Produção
Nutrição
Gastronomia
Bem Estar


A-Z
Data
Entrevistado(a)